Elekti kolorojn : grizaj Verda kaj ruĝa Blanka kaj nigra
Ĝisdatigita vendredon la 5an de aŭgusto 2022 . Ĝis nun estas 2755 tekstoj   Rss  Indekso  Privata spaco  Kontakto
Venonta kongreso | SAT-kulturo | Libroj | Dokumentoj | SAT-organo | Frakcioj | Fakoj | Informoj | Ligoj | Arĥivo | Membriĝi
Portugala ‑ Português

Na mesma rubrica

puce Declaração do 89º Congresso da Associação Mundial Apátrida (SAT) – 2016
puce Declaração do 90º Congresso da Associação Mundial Apátrida (SAT) – 2017
puce Declaração do 91º Congresso da Associação Mundial Apátrida (SAT) – 2018
puce Declaração do 93º Congresso da Associação Mundial Apátrida (SAT) – 2020
puce Declaração do 95º congresso da SAT
puce Declaração e Resolução do 86 Congresso de SAT
puce O que é a SAT?
puce Passos rumo a uma verdadeira globalização
puce Resolução do 90º Congresso da Associação Mundial Apátrida (SAT)
puce Resolução orientadora do 95º Congresso da SAT
puce Trata-se de democracia! ... incluindo a democracia linguística!
IDIOMA E TRADUÇÕES DO ARTIGO

Declaração do 95º congresso da SAT

O 95º Congresso da Associação Mundial Anacional (Sennacieca Asocio Tutmonda – SAT), que ocorreu virtualmente entre 29 de julho e 1 de agosto de 2022:

1. lamenta o crescimento do nacionalismo em muitos países, que provoca tensões internacionais, que conduzem a guerras e cria obstáculos à colaboração internacional necessária para contrariar a degradação ecológica do planeta;

2. condena vivamente a agressão militar da Rússia, solidariza-se com quem na Ucrânia que sofre ou é obrigado a fugir, solidariza-se igualmente com quem na na Rússia sofre, ou que se posiciona ou se manifesta contra a guerra e por isso é perseguido, solidariza-se com todos os que no mundo se posicionam contra a guerra e apoiam os refugiados;

3. condena vivamente todas as guerras e ocupações agressivas que simultaneamente ocorrem no mundo, entre outras na Síria, no Iémen, na Republica Democrática do Congo, na Palestina e no Sahara Ocidental;

4. roga a que perspetivando a longo prazo, as guerras deixem de ser instrumentos de interesses políticos e económicos e consequentemente, sejam dissolvidas todas as alianças militares, nomeadamente a NATO ; essas deveram ser substituídas por sistemas coletivos de segurança, nos quais participem todos os estados e cujo objetivo seja o desarmamento ;

5. constata amargamente, que depois de mais de 200 anos de neutralidade, a Suécia, nesse sentido modelo para outros países, e a Finlândia, neutral à mais de 70 anos, tenham terminado a sua neutralidade militar passando a fazer parte de um bloco militar ;

6. condena a perseguição a quem informa durante a guerra nos dois lados do conflito ou informa sobre outros assuntos que contrariem interesses do estados e apoia o trabalho dos jornalistas ;

7. constata, que o investimento crescente de vários estados em armamento e o reforçar de blocos militares e económicos, contraria os interesses dos trabalhadores e é uma ameaça ao bem-estar das populações ;

8. apoia a defesa das populações indígenas do seu território e dos direitos contra a extração capitalista no Canadá, Estados Unidos, Brasil e outros países e condena a intensificação da extração de energia na sequência da guerra na Ucrânia ;

9. protesta contra a guerra judicial’ levada a cabo contra trabalhadores, pacifistas e outros, levada a cabo em muitos países com a cumplicidade ocasional dos sectores mais reacionários da máquina jurídica ;

10. solidariza-se com as famílias das vitimas do acidente em Seul, onde três trabalhadores faleceram durante uma inundação e que lutam para receber uma compensação digna dos responsáveis estatais e das empresas e exige condições de trabalho mais seguras para todos os trabalhadores do mundo ;

11. constata, que diferentes autoridades religiosas procuram extinguir a separação religião e estado, o que provoca problemas em relação à bioética, a programas de ensino e em relação a conflitos militares, sendo exemplo disso a atual situação entre a Ucrânia e a Rússia ;

12. apoia a auto-organização das pessoas LGTB para defender os seus direitos e condena a ação de igrejas, estados e outras instituições que instiguem à sua perseguição.

 

Sennacieca Asocio Tutmonda (SAT)

67 av. Gambetta
FR - 75020 Paris

Retadreso : kontakto_ĉe_satesperanto.org
Pri financaĵoj : financoj_ĉe_satesperanto.org
Retejo : http://satesperanto.org/
Tel : (+33) 09 53 50 99 58

Poŝtkonto n-ro 1234-22 K, La Banque Postale, Paris
IBAN : FR41 2004 1000 0101 2342 2K02 064
BIC : PSSTFRPPPAR
Konto de SAT ĉe UEA : satx-s
Konto de SAT ĉe PayPal : financoj_ĉe_satesperanto.org

Por renkontiĝi kun SAT-anoj en Parizo, informiĝu ĉe la sidejo de SAT-Amikaro

Se vi havas demandojn pri SAT, skribu al la SAT-oficejo en Parizo
aŭ al via peranto

Pri teknikaj problemoj sur la paĝo, skribu al paĝo-aranĝulo.

Privata ejo
Danke al spip

fabrikita en esperantio